top of page
  • Foto do escritorSenergisul

O propósito do Senergisul

Atualizado: 11 de jul. de 2022


Muitas pessoas não sabem muito bem por que o sindicato existe. Ou gostariam de saber como podem ser beneficiadas por essa instituição.

Algumas outras desconsideram sua atuação e não querem contribuir para sua cooperação.

Na verdade, a luta dos eletricitários tem sido a de buscar explicar às pessoas o porquê precisamos do apoio delas, e que a atuação do sindicato as beneficia diretamente. Desde nosso começo, lutamos a favor de pautas que ajudem o trabalhador do setor de eletricidade.

Mas ajude em que sentido, você pode estar se perguntando!?

Esse artigo vai te ajudar a compreender o propósito da Senergisul e por que ela existe exatamente para o povo gaúcho.

Em nosso site a gente tem compartilhado sempre as últimas notícias de que nosso sindicato tem se preocupado em lutar. Não deixamos de tratar das lutas mais importantes.

Também há um setor que trata de nossa história. Acompanhe nossas publicações.

“O Senergisul somos todos nós”

Desde a década de 30, nossas lutas são por melhores direitos para a categoria de trabalhadores eletricitárias, que são responsáveis pelas conquistas que citaremos a partir de agora:

Em 1946, a luta de muitos anos teve fim. O abono de Natal foi concedido à categoria, o que representou uma grande vitória depois de tantos anos trabalhados para que essa conquista fosse verdade. Além disso, isso foi responsável por um aumento significativo na renda de centenas de famílias eletricitárias.

Já em 1959, nossa vitória foi o reconhecimento judicial junto ao sindicato. Havia essa pendência até então: A de que não éramos uma instituição reconhecida. A dificuldade era maior ainda, visto que as instituições eram influenciadas pelo governo da ditadura militar, que durava já há muito tempo. A persistência em buscar nossos objetivos fez com que homens e mulheres eletricitários pudessem prosseguir rumo a novas conquistas, agora com reconhecimento oficial. De fato essa última conquista não foi suficiente para nos aquietar. Ainda faltava a encampação da CEERG. Isso porque até então toda a energia provinha de empresas privadas. Foi muito tempo até a conquista, visto que haviam impedimentos de leis que proibiam a encampação de empresas privadas, como era a CEERG na época. Enfim, em 24 de agosto de 1960, o Sindicato dos Eletricitários foi reconhecido.

Ainda faltava o apoio aos nossos companheiros da categoria de produção do gás. A luta durou alguns meses, e terminou em 4 de fevereiro de 1961, com a encampação desse pessoal. O propósito de tudo isso era o bem-estar do maior número de trabalhadores.

Já nos anos 1997, 1998 e 1999, lançamos empreendimentos para atender as famílias de eletricitários. Esses empreendimentos eram de natureza cooperativa, com o enfoque no bem-estar das famílias. Estabelecemos o Senergisul como um Sindicato empreendedor. Assim, criou-se, por exemplo, o

SENERTEC, o SENERSERVIÇOS, o SENERCASA, SENERCONSÓRCIO e o SENERMEDICAMENTOS. Este último concedia até 25% de desconto na farmácia.


Hoje, lutamos contra a baixa de associados. Isso faz com que não seja possível arrecadar fundos para cooperarmos para o bem do povo gaúcho.

A isso se soma a venda da CEEE, que nos impediu de dar continuidade ao processo de previdência privada.


Vem fazer parte do Sindicato dos Eletricitários do Rio Grande do Sul.


Acesse o link, e tome a decisão do lado dos gaúchos!

223 visualizações0 comentário
bottom of page